Artigo

Equipa de saúde na sala de partos

No parto acredite nos profissionais de saúde e em si própria, apoie-se neles e vivencie plenamente a experiência do nascimento.

Por: Ana Alexandra Pinto, Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstetrícia e Antónia Prates, Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstetrícia

A relação que se estabelece entre a equipa e a grávida é determinante para o seu bem-estar durante o parto. A equipa de saúde existe para lhe prestar cuidados físicos mas também para a ouvir, para a esclarecer e para a apoiar. Não estará sozinha no parto. Não hesite em conversar e apoiar-se na equipa que a assiste.

O trabalho de parto é um processo natural, que na maioria dos casos apenas precisam de vigilância e de apoio dos profissionais de saúde. A equipa que encontrará na sala de partos é composta por obstetra, enfermeira especialista em saúde materna e obstétrica, neonatologista, anestesista, enfermeira generalista e demais profissionais, como assistentes, auxiliares e ainda especialistas de outras áreas clínicas, se a situação o justificar.

Dos distintos profissionais associados ao nascimento, nem todos os referidos têm de estar presentes, até porque existem diferentes profissões com a mesma função e diferentes modelos de atendimento obstétrico. Assim, podemos apresentar alguns desses intervenientes por forma a criar uma expetativa perante a sua presença:

Médico Obstetra que se forma em medicina e depois faz uma especialização na área de ginecologia e obstetrícia. Os obstetras apoiam os partos normais ou distócicos (fórceps, ventosas ou cesarianas); são ainda responsáveis pela assistência pré-natal de gravidez de baixo ou de alto risco. Frequentemente não participa em todo o trabalho de parto, deixando esse acompanhamento especializado para as enfermeiras especialistas em saúde materna e obstétrica.

No sistema privado a mulher escolhe seu médico para a assistência pré-natal e parto. No sistema público os médicos trabalham em esquema de bancos de 24 horas e a parturiente geralmente não conhece o médico que irá possivelmente atender o seu parto e existe grande probabilidade de apenas obterem a sua presença em caso de partos distócicos.

Médico Pediatra/Neonatologista trata dos recém-nascidos assim que nascem por partos distócicos ou sempre que a enfermeira assim o requisite. Junto das enfermeiras generalistas ou especialistas fazem os primeiros exames, medem, pesam, aspiram quando necessário e podem ainda, se assim se justificar, transferir para a unidade de cuidados intensivos neonatais por forma a uma assistência especializada. Contudo, na maioria das situações, a sua atividade de observação pode ser feita no colo da mãe durante o pós-parto imediato. Os neonatologistas fazem parte da equipa obstétrica de urgência, mas algumas maternidades privadas permitem que a mulher leve seu pediatra de confiança.

Médico Anestesista é o profissional encarregado da analgesia epidural ou raquidiana para o parto normal ou para o parto distócico incluindo a anestesia na Cesariana. Geralmente fazem parte da equipa obstétrica de urgência, mas alguns trabalham em associação com alguns Médicos Obstetras ou mesmo pela grávida que quer um atendimento mais exclusivo.

Enfermeiras Obstetras são enfermeiras com especialização nesta área e estão habilitadas para assistir aos partos que não tenham complicações e ainda para apoiar a assistência de partos distócicos. São responsáveis por todo o atendimento dos partos de baixo risco e são estes profissionais que despistam potenciais riscos e solicitam a integração dos demais membros da Equipa de Saúde. No sistema de saúde privado elas são contratadas para o acompanhamento e avaliação das parturientes, mas ainda não para a realização do parto propriamente dito. Na conceção da sua especialidade, elas adquirem habilidades para a execução da assistência nos primeiros cuidados com o recém-nascido, inclusive em caso de complicação. Também se podem responsabilizar pela assistência pré-natal das grávidas de baixo risco, devendo encaminhá-las para médicos obstetras quando a gestação apresenta complicações. 

Enfermeiras Generalistas estão presentes nos partos hospitalares e assistem os médicos ou as enfermeiras especialistas, fornecendo os materiais e serviços que eles solicitam ou substituindo em atividades não especializadas. Algumas, decorrentes do seu treino, dão atendimento às parturientes, outras aos recém-nascidos.

Subscreva a newsletter
e GANHE um mimo

Caso esteja gravida, indique-nos a data prevista para o nascimento e passará a receber a nossa newsletter semanal sobre a evolução da sua gravidez. Se já for mãe , indique-nos a data de nascimento do seu filho e passará a receber mensalmente a nossa newsletter sobre o desenvolvimento do seu bebé.

O seu endereço de e-mail

Data de nascimento

 

Siga-nos

Faça parte desta comunidade.