Artigo

Porquê brincar

Saiba porque os pais são especialistas em brincar com os filhos e qual a importância dos afetos no desenvolvimento nos primeiros anos. 

Com os testemunhos de: Lourdes Lourenço, psicóloga clínica e coautora do livro Ser bebé tornar-se pessoa.

O bebé necessita do olhar apaixonado dos seus pais

Aproveite rotinas, como mudar fraldas, dar de comer, dar banho, para estabelecer uma relação lúdica com o bebé. Nos dois primeiros meses de vida, o bebé, com os pais, e de forma privilegiada com a mãe, já é capaz de sorrir e de vocalizar, interagindo e criando competências relacionais. Note que é um ser único e especial, sente-se desejado, porque é amado pelos seus pais, especialistas em gerar afeto e em compreender os seus estados afetivos.

O bebé precisa da presença afetiva e constante no interior dos seus pais

Explore brincadeiras, observe o seu bebé e procure compreendê-lo na sua essência. Por volta dos cinco meses, o bebé já mostrará a sua capacidade de diferenciar a mãe do pai, através da diferença que cada um terá na sua relação com o bebé. São os afetos que possibilitam a construção do seu amor-próprio. Do mundo afetivo dos pais, o bebé deverá receber amor, pois é no amor que se desenvolvem e se constroem as suas capacidades relacionais.

O entusiasmo relacional e a vontade de explorar o desconhecido

Não há regras para brincar. Crie as suas próprias brincadeiras com o bebé. Use diferentes sons, cheiros e texturas, para que possa ser apresentado ao mundo e aos outros. O desejo de o bebé explorar o mundo desenvolve-se por volta do 8.º, 9.º, 10.º mês de vida, o que o lançará para a “aventura do não familiar”. O bebé começará a gatinhar, a pôr-se de pé, e os pais devem incentivá-lo nas suas conquistas e aventuras.

Reserve tempo para brincar

Organize-se para promover tempo de qualidade com o seu filho desde o nascimento e ao longo das etapas do desenvolvimento infantil. Encare as brincadeiras como uma forma espontânea e autêntica para criar laços afetivos com o seu filho.

Subscreva a newsletter
e GANHE um mimo

Caso esteja gravida, indique-nos a data prevista para o nascimento e passará a receber a nossa newsletter semanal sobre a evolução da sua gravidez. Se já for mãe , indique-nos a data de nascimento do seu filho e passará a receber mensalmente a nossa newsletter sobre o desenvolvimento do seu bebé.

O seu endereço de e-mail

Data de nascimento

 

Siga-nos

Faça parte desta comunidade.