Artigo

Cuidados de Higiene ao Recém-Nascido

Os cuidados de higiene diários ao bebé são essenciais para mantê-lo saudável, proporcionar-lhe bem-estar e constituem momentos de ternura e cumplicidade que contribuem decisivamente para fortalecer os laços afetivos entre o pai, a mãe e o filho.  

Escrito por Paula Braga

Apesar de não ser necessário dar banho ao bebé todos os dias, há cuidados de higiene diários ao recém-nascido que não podem ser descurados. É essencial efetuar uma limpeza parcial, nomeadamente em zonas específicas como o rosto, as mãos, os órgãos genitais e as pregas cutâneas (pescoço, axilas e coxas).

Fique a conhecer, passo a passo, como deve promover a uma higiene correta do seu filho, em especial nos primeiros dias de vida, quando a barreira epidérmica do bebé ainda é imatura.

Rosto

O rosto deve ser limpo com uma compressa esterilizada embebida em água fervida, de manhã e à noite.

Olhos

Limpe os olhos diariamente a partir do canto interior para fora com compressas esterilizadas embebidas em água fervida arrefecida nos primeiros dias. Mais tarde pode utilizar soro fisiológico. Use sempre uma compressa para cada olho para evitar a transmissão de qualquer pequena infeção.

Orelhas e nariz

Não utilize cotonetes para limpar os ouvidos ou o nariz. Limpar apenas as zonas visíveis, como as pregas atrás das orelhas e a zona posterior. A limpeza das narinas é muito importante porque os bebés respiram quase exclusivamente pelo nariz e, caso este esteja obstruído, têm mais dificuldade em respirar e também em alimentar-se. Utilize as compressas humedecidas em água fervida ou uma toalha muito macia porque estas zonas são muito reativas para limpar. Se houver secreções pode ser necessário utilizar o aspirador.

Boca, pescoço e axila 

Limpe a boca por causa do leite e da baba com uma compressa embebida com água morna e seque de seguida com uma toalha muito macia, sem esfregar. Proceda da mesma maneira para limpar a zona por baixo do queixo e o pescoço do bebé porque a transpiração pode irritar a pele, bem como as axilas.

Mãos e unhas

Cuidadosamente abra os dedos para os limpar e secar bem, assim como as mãos. As unhas dos recém-nascidos devem ser mantidas curtas e limpas. Utilize uma tesoura com pontas redondas e lâminas pequenas. A tesoura deve ser exclusiva do bebé. Procure fazê-lo num momento em que o bebé está mais tranquilo, como depois de mamar ou mesmo a dormir. As unhas também podem ser limadas suavemente para evitar que o bebé se arranhe. Nunca corte as unhas com os dentes.

Órgãos genitais

Os genitais e a zona anal requerem uma limpeza muito frequente, por exemplo, sempre que se muda a fralda e antes de tomar banho. Nas meninas, a limpeza dos genitais deve ser efetuada com suavidade, sempre de frente para trás, de modo a evitar que os micróbios passem do ânus para a vagina.

Nos rapazes não deve forçar ou puxar a pele do prepúcio para trás porque poderá magoar o bebé e suscitar reações inflamatórias. O prepúcio mantém-se naturalmente limpo. As pregas da pele e os genitais devem ser limpos cuidadosamente com compressas humedecidas em água e sabão neutro. Seque bem e no final aplique um creme hidratante ou creme barreira para evitar a dermatite da fralda. Usar as toalhitas só em caso excecional, não de forma frequente, pelo menos nas primeiras semanas em que a pele do bebé é extremamente sensível e frágil.

Coto umbilical

Com o nascimento do bebé, o cordão umbilical é laqueado e cortado, restando o coto do umbigo, o qual acabará por secar e cair entre o quinto e o décimo dia de vida do bebé. Mas até que isso aconteça, é fundamental mantê-lo limpo.

Antes de higienizar esta zona, a mãe deve lavar muito bem as mãos com água e sabão. A limpeza deve ser realizada após o banho e a cada muda de fralda, com compressas limpas embebidas em água morna ou soro fisiológico. A base do coto, bem como a pele circundante, deve ser limpa com movimentos circulares muito suaves. O procedimento deve ser repetido até que fique sem secreções ou serosidade. No final, a zona deve ficar bem seca para evitar infeções. Outro cuidado essencial passa por manter a zona do coto ao ar, sem o tapar ou pressionar com um penso ou uma fralda.

Após a queda do coto deverá limpar o umbigo todos os dias até estar completamente curado. Se o umbigo mostrar-se vermelho, com edema ou inflamado, com secreções e mau cheiro deverá mostrá-lo a um profissional de saúde.



Newsletter

Receba dicas e conheça novos testemunhos todos os meses.

O seu endereço de e-mail

Data prevista para o parto

 

Siga-nos

Faça parte desta comunidade.


Com o patrocínio de: