Artigo

Constipação

É uma das doenças mais vulgares na criança. É uma infeção das vias respiratórias superiores (nariz, garganta e cordas vocais) que provoca irritação no nariz e na garganta.

Apesar de ser muito comum e de não ser uma doença grave, a constipação deve ser alvo de atenção, sobretudo nos bebés e crianças pequenas, devido ao risco de sequelas nos pulmões ou nos ouvidos.

Se para além dos sintomas de uma constipação normal, a criança apresentar erupções na pele, pode ter uma doença infeciosa como o sarampo ou a rubéola.

Causas

A constipação é causada por vírus e normalmente transmite-se de pessoa para pessoa, através do contacto com as secreções respiratórias da pessoa infetada.

Sintomas

  • Nariz entupido e vermelho
  • Corrimento nasal intenso
  • Espirros
  • Lacrimejo
  • Dor de garganta
  • Mal-estar geral
  • Tosse
  • Dor de cabeça

Tratamento

A constipação pode curar-se de forma espontânea, sem medicamentos, em poucos dias. Para minimizar os sintomas, a criança deve estar em repouso, evitar a exposição a correntes de ar e alterações bruscas de temperatura, e deve beber líquidos com frequência (água, infusões, chá). É também importante que não se fume ao pé da criança.

Para aliviar a congestão nasal, pode aplicar gotas de soro fisiológico no nariz. Se a criança tiver febre ou dor de cabeça, poderá dar-lhe um antipirético. Não administre aspirina a uma criança com febre.

Limpe o nariz da criança com frequência para evitar que o pingo ou ranho fiquem junto das narinas. Se a área do nariz ficar irritada, vermelha e gretada, ponha um pouco de vaselina por baixo do nariz e à volta das narinas.

Mantenha o quarto da criança aquecido mas não deixe o ar ficar demasiado seco.


 

Referências bibliográficas

 

MARQUES, Jorge Sales - O que os pais devem saber de pediatria. Educação Nacional, 2009. ISBN 978-972-659-475-8.

 

FENWICK, Elizabeth – O Grande Livro da Mãe e do Bebé. 3ª edição revista. Lello Editores, 1999. ISBN 972-48-1679-6.


Subscreva a newsletter
e GANHE um mimo

Caso esteja gravida, indique-nos a data prevista para o nascimento e passará a receber a nossa newsletter semanal sobre a evolução da sua gravidez. Se já for mãe , indique-nos a data de nascimento do seu filho e passará a receber mensalmente a nossa newsletter sobre o desenvolvimento do seu bebé.

O seu endereço de e-mail

Data de nascimento

 

Siga-nos

Faça parte desta comunidade.